Dominando Modelos Híbridos: Coexistindo Ágil e Waterfall

Aprenda o que é uma abordagem híbrida de gerenciamento de projetos, como identificar a sua necessidade e como aplicá-la no seu projeto.

O gerenciamento de projetos envolve desde o planejamento até as entregas de produtos ou partes do produto. Quando iniciamos um projeto, escolhemos qual modelo de entrega (Delivery Method) iremos adotar de acordo com o tipo de projeto e o contexto no qual ele está inserido. Por exemplo, se as incertezas do seu escopo são muitas e a complexidade é alta, podemos escolher um modelo ágil. Por outro lado, se o projeto não envolve muitas dessas incertezas e riscos, possui entregas com prazos definidos e o escopo já é conhecido, o modelo preditivo pode ser o mais indicado.

Não são somente estes fatores que irão definir qual o modelo a ser adotado, mas podem ser um ponto de partida. Se estivermos falando de grandes obras de construção civil, pode não ser uma boa ideia escolher um modelo ágil. Para um projeto deste tipo, normalmente não há muitas incertezas na definição do seu escopo, e por isso é difícil imaginar um backlog do produto que estaria sempre sendo revisado e teria as suas prioridades constantemente alteradas.

Mas e se houver um cenário que podemos usar os dois modelos de maneira conjugada? Podemos por exemplo priorizar o paisagismo e depois finalizar a pintura da garagem da construção de um prédio? Podemos usar um quadro Kanban para que os colaboradores vejam o trabalho do dia ou da semana? Podemos começar o desenvolvimento de um software usando um modelo preditivo e depois continuar com ágil?

Para responder a estas perguntas, os responsáveis por conduzir projetos perceberam que sim, há várias situações que podemos usar os dois modelos no mesmo projeto, surgindo assim o modelo híbrido. A definição de qual abordagem será usada deve ser bem planejada e também viável.

Neste curso o aluno irá aprender o que são modelos preditivos, ágeis e híbridos e como avaliar qual o melhor modelo a ser escolhido para o seu projeto, considerando os diversos fatores que nos suportam a tomar esta decisão.

Formatos

  • Cursos Presenciais Corporativos
  • Aulas Virtuais (Live)

O Que Você Vai Aprender

  • Como usar o melhor do preditivo e do ágil para otimizar o trabalho do projeto
  • Escolhendo a abordagem com base na complexidade e contexto
  • Conhecer o modelo preditivo
  • Conhecer o modelo ágil
  • Conhecer o modelo híbrido
  • Identificar a maturidade em Gerenciamento de Projetos da Organização
  • Definir o modelo híbrido a ser usado no projeto
  • Planejar, executar, acompanhar e encerrar um projeto híbrido

Ficha Técnica

Duração estimada

16 horas

Público alvo

Gerentes de Projeto, Scrum Masters, Product Owners, membros da equipes multidisciplinares, pessoas que fazem parte do PMO da organização e demais partes interessadas no assunto.

Pré-requisitos

Conhecimento básico de gestão de projetos

Idiomas

Português ou Inglês nos cursos presenciais

Para quem é esse curso?

Gerentes de Projetos, Programas e Portfólio, Scrum Masters, Product Owners, Membros de equipes que trabalham com diferentes tipos de projetos.
Pessoas envolvidas em projetos, que possuem poucas incertezas, porém necessitam realizar entregas frequentes no decorrer do projeto.
Integrantes do PMO da Organização, responsáveis pelo suporte às equipes de portfólios, programas e projetos.
Organizações e equipes que possuem um portfólio extenso e diversificado, necessitando utilizar abordagens diferentes nos projetos.

Quer saber mais?

Entre em contato para saber mais como podemos ajudar sua organização com nossos cursos.

Fale conosco
PMP, Guia PMBOK, CAPM e PMI são marcas registradas do Project Management Institute, Inc.
Inscreva-se em nossa newsletter

Para receber atualizações sobre nossos cursos e muito mais.